Fim do Mundo em 2012. Será?

Os Fatos

Muitas pessoas dizem que o mundo irá acabar em 2012. Será que isso é verdade? Deixando as superstições de lado, vamos analisar isso com uma visão científica.

Alguns fatos interessantes são os eventos astronômicos que irão ocorrer em 2012, alguns muito raros.

O primeiro ocorrerá em 06 de Junho. Nessa data o planeta Vênus transitará em frente ao Sol, num evento considerado raro.

Essa passagem de Vênus em frente ao Sol não ocorre em datas regulares. Desde a invenção do telescópio, esse evento só foi visto sete vezes (1631, 1639, 1761, 1769, 1874, 1882 e 2004), e em nenhuma delas o mundo acabou! Depois de 2012, as próximas passagens de Vênus em frente ao Sol ocorrerão apenas em 11 de Dezembro de 2117 e 08 de Dezembro de 2125.

Infelizmente, a observação desse evento só é possível com o uso de equipamentos especiais, e de qualquer forma, a passagem de 2012 não poderá ser vista do Brasil.

 

Locais de observação do evento (regiões branca e cinza clara)

O segundo evento astronômico é um eclipse solar total, que ocorrerá em 13 de Novembro. Esse evento também não poderá ser visto do Brasil. Na verdade quase todo o evento de eclipse total de 2012 só poderá ser visto no Oceano Pacífico Sul.

O terceiro evento, esse sim extremamente raro, ocorrerá no dia 21 de Dezembro. Nesse dia o nascer do Sol ocorrerá em alinhamento com o buraco-negro que se localiza no centro de nossa galáxia, a Via Láctea. Esse alinhamento ocorre, aproximadamente, uma vez a cada 26 mil anos. Infelizmente, aqueles que assistirem o nascer do Sol nesse dia não verão nada de mais, uma vez que esse alinhamento não produz nenhum efeito visual.

Com isso, podemos dizer que do ponto de vista astronômico, o ano de 2012 será espetacular, no entanto nenhum desses eventos causará mudanças em nosso planeta ou nosso cotidiano, pelo que sabemos atualmente.

O Calendário Maia

O povo Maia tinha conhecimentos gigantescos sobre astronomia. Eles foram capazes de prever esses eventos astronômicos muito tempo antes da cultura ocidental européia.

Os Maias tinham uma contagem do tempo circular, baseada em Ciclos ou Eras. Eles contavam o tempo usando diversos calendários diferentes.

Um desses calendários, o Haab’, é baseado nos movimentos solares. O Haab’ possui 365 dias divididos em 18 meses de 20 dias e mais 5 dias sem nome. Outro calendário, o Tzolkin, era formado por 260 dias e marcava as festas religiosas.

Esses dois calendários juntos formavam um ciclo de 52 anos, que é o tempo que leva para que ocorra uma coincidência entre os dias desses dois calendário. Esse ciclo de 52 anos era muito usado, pois, como tinha o tempo aproximado da duração de vida das pessoas daquela época, raramente alguém passaria duas vezes pela mesma data.

Um terceiro calendário, chamado de calendário longo, também era usado pelos Maias para marcar eventos astronômicos importantes. O calendário longo inicia a contagem do tempo em 3114 a.C e é formado por diversos ciclos, ou b’ak’tun, de 395 anos.

No ano de 2012 o 13º b’ak’tun se encerrará! Esse fato tem sido interpretado por muitas pessoas como o fim do mundo. No entanto, para os Maias, essa data representa apenas uma mudança de Ciclo ou Era, semelhante ao que para nós é uma passagem de milênio (como aconteceu em 1999-2000). Como a contagem de tempo Maia e os eventos religiosos  eram ambos baseados em eventos astronômicos, os pesquisadores acreditam que não seja coincidência que o fim do 13º ciclo, ou b’ak’tun, ocorra no mesmo ano desses importantes eventos espaciais.

Enfim, não há nada na cultura Maia nem nos conhecimentos astronômicos que indiquem que alguma mudança ocorrerá em nosso planeta em 2012.

Sobre Daniel Bagatini

Curioso, chato e muito ocupado. Se não esqueci nada, essa dever ser a melhor definição de mim mesmo. Se ainda quer saber mais, sou um aspirante a Doutor e atualmente Professor (ou babá) de Ensino Fundamental. Adoro crianças, principalmente quando elas viram adultos e saem de casa, caso estejam assadas também são uma opção muito boa! ;p