Ciência e Tecnologia, Onde está o Brasil?

Pesquisa e educação definem um país, certo? Mas você já se perguntou como estão as universidades brasileiras se comparadas com outras do restante do mundo?

Recentemente o Times Higher Education publicou um TOP 200 das universidades mundiais e o Brasil sequer aparece na listagem! No topo do ranking estão as universidades de países norte americanos e europeus, mas aparecem na lista também universidades do Japão, Coréia do Sul, Hong Kong, Singapura, China, Turquia, Taiwan, Egito, entre outros. E o Brasil? Vai bem obrigado, mas fora da lista!

O Times Higher Education considerou fatores relacionados a pesquisa, ensino, citações de trabalhos, inovações tecnológicas e diversidade cultural. Sei que algumas pessoas poderiam criticar a metodologia usada, no entanto é certo que essa pesquisa deixa claro que o Brasil deve investir em ciência e tecnologia urgentemente.

O Times Higher Education expões que o continente sul americano ainda precisa romper algumas barreiras para melhorar a qualidade de suas universidades. Entre essas barreiras são citadas a estrutura burocrática e politizada de algumas universidades e a dedicação parcial à pesquisa.

A Universidade de São Paulo (USP), considerada um expoente entre as universidades sul americanas, aparece, segundo o Yahoo! Notícias, na 232ª posição. A USP é apontada como uma das possíveis futuras integrantes do TOP 200, no entanto esse ranking deixa claro que a produção tecnológica e científica no Brasil é altamente concentrada em apenas uma instituição, ao contrário de outros países que tiveram diversas de suas universidades apontadas no ranking das TOP 200.

Nosso país poderia ser referência na produção de conhecimento, considerando seus recursos naturais e populacionais e sua diversidade cultural. No entanto permanecemos no limbo e poucos estão realmente preocupados com a ciência no país.

 

Sobre Daniel Bagatini

Curioso, chato e muito ocupado. Se não esqueci nada, essa dever ser a melhor definição de mim mesmo. Se ainda quer saber mais, sou um aspirante a Doutor e atualmente Professor (ou babá) de Ensino Fundamental. Adoro crianças, principalmente quando elas viram adultos e saem de casa, caso estejam assadas também são uma opção muito boa! ;p